Meu celular corporativo foi roubado, e agora? Veja o que fazer!

Utilizar dispositivos tecnológicos, como tablets e smartphones, já é algo muito comum e inserido na realidade de muitos funcionários. Os benefícios são inúmeros e somente a ideia de levar o “escritório” para casa em um celular é o melhor dos benefícios quando pensamos em produtividade, comodidade e conforto.

Mas, se no percurso para a casa ou para o trabalho, você tem o seu celular roubado! O que fazer? As informações estão seguras? Como proceder?

Daremos ótimas dicas para que você tome todas as providências necessárias. Mas antes, vamos falar um pouco sobre segurança:

Proteger os dados de sua empresa

É crucial que os dados da sua empresa sejam armazenados em locais seguros, de preferência em nuvens utilizadas pela corporação e que você não compartilhe as informações. As empresas mais comprometidas com a segurança dos dados, têm acordos entre as partes com relação a privacidade e sigilo das informações empresariais. Fique atento a isso.

Porém, se você acredita que os dados foram comprometidos, informe a empresa imediatamente, para que as etapas apropriadas possam ser tomadas.

Comunicar e bloquear os acessos

Uma das maiores ferramentas que a TI pode ter é bloquear todos os acessos do dispositivo ou do usuário, como e-mail, redes, VPN (Virtual Private Network) e aplicativos da empresa. Porém, é necessário que a ação seja imediata.

Então, o que você deve fazer quando um celular é perdido ou roubado? As dicas a seguir devem ajudar a atenuar o problema da sua empresa.

Realizar o Boletim de Ocorrência

Uma coisa importante a se fazer é o Boletim de Ocorrência, que é uma segurança a você se o aparelho for usado para algo ilícito — atualmente é possível realizar on-line, na maioria dos estados. Além de ser importante para algumas operadoras e para que a sua empresa tome as devidas providências — como acionar o seguro ou avisar aos responsáveis onde o equipamento é alugado.

Quando a polícia é notificada oficialmente, por meio do rastreamento via GPS do smartphone ou se houver algum dispositivo de segurança previamente instalado, existe uma possibilidade de recuperação do aparelho.

Existe também um fator de utilidade pública. Quando os dados do B.O. são coletados, mesmo que o aparelho não seja recuperado, a polícia consegue identificar por meio de estatísticas os locais de maiores riscos e aumentar o policiamento. Quando não oficializamos, não há nada que se possa fazer.

Bloquear todos os acessos do celular roubado

Ligue para a sua operadora e comunique o ocorrido para que a linha, o chip e o aparelho sejam bloqueados automaticamente por meio do IMEI — International Mobile Equipment Identity. Algumas operadoras também exigem o Boletim de Ocorrência para que o bloqueio da linha aconteça. Verifique.

O IMEI é um registro único de identificação do seu aparelho, utilizado para identificar a procedência, segurança e validação. Normalmente ele se encontra na nota fiscal, nas configurações do aparelho e… —Mas, ele foi roubado! Como vou saber esse tal de IMEI? Se o aparelho é corporativo, a empresa tem obrigação de possuir o número.

Mas, de qualquer forma, segue uma dica para sua proteção: entre nas configurações, no item Sobre o Dispositivo, IMEI. E anote o número do seu IMEI — pode existir mais de um se você utilizar 2 chips. Você pode enviar um e-mail a si mesmo com essa informação!

Utilizar o backup remoto

Essa dica na realidade só funcionará se foi pensado anteriormente na prevenção: configurar seu aparelho para armazenar todos os dados na nuvem e deixar o backup ativo no smartphone — antes que algo aconteça! Se os dados forem corporativos, muito cuidado. É importante que seja uma nuvem segura ou fornecida pela própria empresa.

Se acontecer o infortúnio do roubo, será possível acessar o backup remotamente e atualizar o seu novo aparelho ou sincronizar os dados no laptop.

Desconectar todas as contas

Informe o caso imediatamente à TI de sua empresa, para que seja bloqueado o acesso temporariamente dos serviços corporativos, como e-mail e acesso à rede e aplicativos da empresa.

Quanto aos dados particulares, já não é tão simples e nem todas as redes sociais contam com esse recurso, mas é crucial que você realize a função de desconexão para que outra pessoa não publique ou compartilhe algo em seu nome. O Facebook e a Netflix, por exemplo, contém recursos seguros quanto a isso. Outras mídias sociais estão implementando suas soluções para desconexão em todos os dispositivos. Além disso, já é possível bloquear o WhatsApp remotamente. 

Alterar as senhas

De qualquer forma, mesmo que todas as contas tenham sido desconectadas, altere todas as suas senhas. E lembre-se de utilizar opções muito diferentes das anteriores, já que existem aplicativos que podem crackear facilmente — programas que descobrem o conteúdo das senhas. Você não sabe quem roubou o aparelho e se ele contiver dados sigilosos ou importantes de sua empresa, com certeza terá muitos problemas mesmo depois de resolver a questão do roubo.

Contatar o seguro

Por último, mas não menos importante: acione imediatamente o seguro! É o último passo a ser feito, pois as seguradoras exigirão a maioria dos itens acima. E como não é interesse das seguradoras que o seguro seja coberto, faça tudo o mais rápido possível e comunique formalmente (principalmente B.O. e bloqueios) para que não fique por semanas correndo atrás de documentações ou tenha até mesmo o prêmio negado por falta de provas.

Para que todas essas ações tenham um efeito positivo no final, é necessário que o celular roubado esteja preparado para enfrentar esses problemas sem maiores traumas e danos à empresa. Algumas empresas especializadas em locação de equipamentos e dispositivos também oferecem suporte e proteção, fornecendo maior segurança e tranquilidade à organização e a seus funcionários.

Ao contratar planos de locação, pela BR Mobile, por exemplo, é possível escolher diferentes tipos de planos de proteção e suporte, que podem se encaixar perfeitamente para a sua empresa.

Seguindo esses passos que descrevemos hoje, você não terá maiores problemas quando tiver seu celular roubado. E aí? Gostou do post? Então compartilhe em suas redes sociais!

2018-09-29T15:39:02+00:00 23 - agosto - 18|Aluguel de equipamentos|
WhatsApp chat