Como otimizar sua infraestrutura de TI com baixos custos?

Uma boa infraestrutura de TI é uma das partes mais importantes de uma empresa, já que todos os demais setores dependem dela para o andamento de suas atividades. Por isso, ela demanda cuidados e investimentos constantes, o que pode fazer uma diferença significativa no orçamento da empresa.

Os gestores sempre estão buscando formas de modernizar a infraestrutura de TI da empresa e garantir sua eficiência, além de reduzir custos relacionados a ela — o que exige um bom planejamento dos investimentos no setor. Porém, com uma boa gestão, é possível aplicar os recursos com mais eficiência e otimizar a infraestrutura de TI.

Quer saber como fazer isso? Veja, a seguir, algumas formas de aperfeiçoar a infraestrutura de TI sem grandes custos!

Avalie as necessidades do negócio

Algumas empresas gastam muito dinheiro com recursos subutilizados, que não têm tanta utilidade para os colaboradores. Esse é um problema que pode impactar negativamente no orçamento da organização e causa o desperdício de recursos que poderiam ser direcionados para soluções mais úteis e estratégicas.

Portanto, é preciso verificar quais são todos os produtos de software utilizados na empresa e avaliar se eles são realmente necessários. Nessa avaliação, deve-se levar em conta não apenas as funcionalidades do sistema em questão, mas se eles atendem da melhor forma às necessidades dos usuários.

Compare os sistemas adotados na organização com outros presentes no mercado em busca de um melhor custo-benefício. Não se esqueça de considerar também a qualidade do suporte prestado pelos fornecedores dos sistemas e sua facilidade de uso, já que isso interfere na produtividade das equipes.

Faça um planejamento

Ao implementar novos equipamentos e tecnologias na empresa, é preciso planejar os investimentos para gastar somente o necessário, de acordo com a função a ser desempenhada por eles. Para isso, deve-se considerar em qual departamento o novo equipamento será empregado e quais são os seus requisitos.

Dessa forma, você pode otimizar os investimentos, gastando menos com computadores que serão usados para tarefas mais simples e mais com aqueles destinados à execução de softwares que exigem uma melhor performance, por exemplo. O setor de TI deve fazer uma análise cuidadosa dos requisitos mínimos de cada equipamento para atender às expectativas de todos os setores da empresa, para garantir a escolha certa na hora da compra.

Opte pela cloud computing

A cloud computing, ou computação em nuvem, é uma tendência no setor de TI e uma ótima aliada na redução de custos nas empresas. Isso porque os sistemas empresariais passam a ser armazenados em servidores fora da organização, o que diminui os gastos com servidores próprios.

As empresas que fornecem soluções de computação em nuvem, normalmente, contam com servidores de alta tecnologia e grande disponibilidade. Dessa forma, as aplicações da empresa ficam sempre no ar e podem ser acessadas a qualquer momento por meio da rede.

A computação em nuvem, portanto, possibilita que as empresas contem com uma infraestrutura de qualidade e sempre atualizada, sem ter que fazer grandes investimentos em novos equipamentos. Além disso, o serviço é bastante flexível, já que a empresa só paga pelo espaço de armazenamento necessário para seu uso.

Além da economia em relação ao investimento em servidores próprios, a cloud computing traz diversas outras vantagens para a empresa. Algumas delas são:

  • proporciona maior segurança da informação;
  • diminui custos com licenciamento de software;
  • facilita o acesso às aplicações empresariais por meio de dispositivos móveis;
  • possibilita uma maior integração de dados dos sistemas da empresa;
  • auxilia na redução de custos com manutenções em equipamentos.

Invista na automação de processos

Existem várias soluções tecnológicas para automação de processos por meio de sistemas inteligentes, que podem otimizar o trabalho das equipes e diminuir custos. Elas permitem eliminar retrabalhos e evitam a necessidade de realizar tarefas repetitivas, o que corta gastos operacionais, reduz desperdícios e traz mais eficiência aos processos.

Outros benefícios que a automação proporciona são:

  • maior agilidade na execução das atividades;
  • prevenção de falhas humanas;
  • facilidade de detecção de erros;
  • aumento da competitividade;
  • otimização da produtividade.

Fique atento à manutenção

Fazer manutenções preventivas nos equipamentos da infraestrutura de TI evita que ocorram maiores problemas, como a paralisação das atividades do negócio devido ao mau funcionamento de algum dispositivo. Quando um problema como esse acontece, muitas vezes é preciso gastar grandes quantias com especialistas e consertos para reverter a situação, o que não é nada interessante para a empresa.

Para otimizar ainda mais a infraestrutura de TI e reduzir gastos com manutenções, é importante investir em equipamentos de boa qualidade. Opte por dispositivos que não se desgastem muito ao longo do tempo e que sejam de marcas confiáveis, pois eles têm menos chances de apresentar problemas cedo demais.

Alugue aparelhos

Os dispositivos móveis estão cada vez mais presentes no cotidiano das empresas e facilitam a realização de diversas atividades. Porém a aquisição de grandes quantidades de aparelhos não é economicamente viável para todas as organizações, principalmente devido à necessidade de substituí-los por novos modelos constantemente, de acordo com as inovações tecnológicas.

Mas você sabia que alugar aparelhos celulares e tablets representa menos custos e riscos para as empresas? A locação possibilita que os colaboradores tenham acesso a equipamentos modernos por um preço acessível. Com ela, a empresa paga uma quantia mensal de acordo com a quantidade, o tipo dos equipamentos locados e o pacote de serviços selecionado — o que pode incluir internet móvel e serviços de voz e dados.

Além disso, as empresas especializadas em locação de aparelhos corporativos oferecem vários benefícios que reduzem os riscos relacionados aos dispositivos e facilitam seu gerenciamento. Os principais são:

  • prestação de suporte técnico à contratante;
  • realização de configurações e manutenções nos aparelhos;
  • seguro contra danos e roubos;
  • monitoramento remoto dos equipamentos;
  • recursos para gerenciamento do uso dos dispositivos.

Como você viu, é possível melhorar a infraestrutura de TI sem gastar muito. Mas lembre-se de que, para isso, é preciso investir de forma estratégica nos equipamentos para não desperdiçar recursos, além de fazer uma boa gestão da infraestrutura do setor.

Você gostou do post e quer saber mais sobre o assunto? Então siga-nos nas redes sociais — Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn — e fique sempre atualizado sobre nossos conteúdos!

2018-09-29T15:37:53+00:00 24 - setembro - 18|Dicas para empresas|
WhatsApp chat