Atualmente, os smartphones são ferramentas quase indispensáveis no dia a dia das pessoas. Além de um item muito importante para uso pessoal, os celulares têm sido grandes aliados para atividades corporativas. Com o telefone corporativo, a comunicação interna e externa das corporações ficou mais eficiente.

Controlar o uso do celular corporativo para fins pessoais é um desafio para os gestores que buscam mais economia e maior produtividade. Conforme as empresas aumentam seus gastos com meios de comunicação, cresce também o desafio das companhias para manter a produtividade e o desempenho de sua equipe.

A maioria das empresas não tem uma política de uso de tablets e celulares definida, o que é indispensável para administrar os recursos. Segundo analistas da consultoria Gartner, a gestão de serviços móveis pode gerar uma economia de 10% a 35% dos custos de telecomunicações para as empresas.

Os smartphones tomaram conta da sociedade. A cada dia é mais raro encontrar pessoas que não tenham pelo menos um aparelho celular. O uso do smartphone é imprescindível, principalmente para profissionais que trabalham em uma empresa que disponibiliza o celular para assuntos profissionais.

O avanço tecnológico e dos meios de comunicação trouxeram grandes facilidades para os executivos, no entanto, junto com as facilidades vieram as dificuldades para o gerenciamento de telecomunicações. Fazendo uso dos smartphones, os executivos passaram a ter acesso a diversos tipos de serviços oferecidos pelo aparelho corporativo. O transtorno é que muitos colaboradores utilizam os aparelhos para fins pessoais, o que tem aumentado o custo com telefonia para as empresas.

Com essas questões em vista, vamos abordar nesse post algumas regras que devem ser estabelecidas para uso do aparelho corporativo. Além disso, vamos mostrar como os aparelhos corporativos funcionam e indicar aqueles que são mais usados. Se quiser saber mais, não deixe de conferir! 

Entenda como funciona o telefone corporativo

Com o avanço da tecnologia e dos meios de comunicação, os smartphones têm se tornado um dos principais objetos de interação para as pessoas. Dentro das organizações o uso é quase obrigatório, já que é essencial para comunicação entre os clientes e os funcionários internos.

Por meio dos smartphones os usuários podem realizar videochamadas de qualquer lugar e a qualquer momento, o que proporciona uma boa experiência de interação entre as partes. Por meio das videochamadas, é possível perceber a emoção transmitida pelas palavras e pela linguagem corporal, levando uma boa experiência na comunicação.

Os smartphones são indispensáveis para o ambiente corporativo, diferente de um celular simples que anteriormente realizava apenas chamadas. O smartphone recebe e envia e-mails, acessa a internet, edita documentos dentre outras atividades, sempre mantendo o seu proprietário conectado durante todo tempo.

Existem vários modelos de smartphones corporativos, o modelo deve ser escolhido levando em consideração as necessidades do negócio. Em alguns negócios é essencial que o aparelho tenha uma capacidade de armazenamento alta, já em outros é preferível um processamento mais eficiente ou até mesmo uma câmera de qualidade. Tendo isso em vista, as especificações técnicas de cada aparelho pode variar de acordo com as necessidades que o negócio demanda.

No entanto, uma característica comum entre todos os aparelhos é que no geral se parecem muito mais com um computador do que com um telefone celular padrão. Com o tempo, os smartphones deixaram de ser um simples sistema embarcado para ser um dispositivo com poderoso processamento. A seguir vamos listar algumas características dos smartphones corporativos.

Usabilidade e sistema operacional

No mercado existem três tipos de sistemas operacionais: Windows Phone para os aparelhos da Microsoft, Android para a maioria das marcas como: Motorola, Samsung e Sony e por fim iOS para os aparelhos da Apple que são os iPhones. Todos os sistemas operacionais citados têm uma interface intuitiva que possibilita o uso interativo e dinâmico, mesmo que o usuário nunca tenha usado naquele modelo específico.

No entanto, cada sistema operacional tem sua particularidade. O iOS é bastante intuitivo para o usuário, sendo sem dúvida um sistema muito seguro. Apesar disso, poucas modificações na sua personalização são permitidas, sendo um dispositivo mais seguro.

Por outro lado, o Android tem um sistema rápido que permite que o usuário personalize o aparelho de acordo com seu gosto. Também é permitido que as empresas que usam esse sistema em seus dispositivos, façam modificações. Por esse motivo, pode-se dizer que o Android é menos seguro que o iOS.

Tela câmera e outras funções

Com o decorrer do tempo, os displays dos aparelhos celulares ganharam tamanho e consequentemente, mais resolução. Ter uma tela grande pode ser um atributo fundamental para alguns tipos de negócio em que o funcionário tenha que apresentar de maneira rápida alguma informação para o cliente.

Além de exibirem vídeos e fotos em alta performance, alguns celulares já filmam em 4k. Isso é possível graças às câmeras com alta densidade de pixels. Da mesma maneira que as telas evoluíram, as câmeras também têm passado por adaptações, proporcionando ao usuário final uma ótima experiência ao tirar fotos.

Bateria e carregamento

Já passou pela situação do smartphone descarregar no meio do dia enquanto várias outras atividades são desenvolvidas? É bastante inconveniente, não é mesmo? Com tantas funcionalidades, os aparelhos passaram a consumir mais bateria. Anteriormente era possível encontrar celulares no mercado que ficavam ligados durante 4 dias com uma única carga.

Bateria e carregamento são características muito importantes para aparelhos corporativos. Afinal de contas, ninguém que perder um projeto porque o celular descarregou no meio de uma videoconferência. Sabendo disso, tenha em mente que o aparelho de celular corporativo deve ter um bom desempenho, mesmo se colocado em situações extremas e caso necessário, o carregamento deverá ser feito o mais rápido possível.

Desempenho e memória

Tanto desempenho quanto memória são atributos indispensáveis para o aparelho corporativo. Um aparelho com bom desempenho e memória são imprescindíveis para aqueles que passam o dia trabalhando com o smartphone, principalmente aqueles que usam aplicativos de GPS, pois esses aplicativos exigem muito do sistema do aparelho. Tendo isso em vista, um bom desempenho é essencial para evitar inconvenientes.

Antigamente para utilizar aplicativos de trocas de mensagens e redes sociais, um celular com configuração básica poderia ser útil. No entanto, não é assim que funciona não é mesmo? Isso acontece pelo fato dos aplicativos estarem constantemente ganhando atualizações.

Dessa maneira, eles exigem cada vez mais memória e processamento do aparelho. É importante lembrar que quanto mais se exige da configuração do aparelho, mais rápido a bateria é drenada.

Recursos de comunicação

Diariamente surgem novas aplicações e várias delas podem ser úteis para objetivos empresariais. Existem aplicações que são desenvolvidas exclusivamente para o uso corporativo e oferecem várias possibilidades, como compartilhamento de documentos com a equipe e aperfeiçoamento na comunicação.

Portanto, é importante adotar um aparelho que tenha possibilidade de executar esses aplicativos. Toda empresa que procura maior eficiência e melhor comunicação precisa adotar um aparelho corporativo que atenda às suas necessidades, mas sempre lembrando que de tempo em tempo esses aparelhos deverão ser substituídos. Levando esses aspectos em consideração, é importante investir em um aparelho um pouco mais caro que dure mais tempo.

Conheça os principais tipos de telefones corporativos

Com o decorrer do tempo os usuários de celular têm se tornado mais exigentes, buscando aparelhos mais sofisticados. No entanto, nem sempre a organização precisa de aparelhos com características inovadoras e sofisticadas. Talvez um aparelho simples consiga atender as necessidades do negócio envolvido.

Nesse tópico, vamos listar alguns tipos de aparelhos corporativos. Fique atento às características que cada um apresenta e veja qual se encaixa melhor na sua realidade. Acompanhe.

Smartphones

Os Smartphones são os dispositivos mais usados, oferecem funcionalidades de um aparelho de celular convencional, no entanto o seu foco está nas aplicações. Possuem recursos mais eficientes, intuitivos e sofisticados, tanto no software quanto no hardware. Estes aparelhos têm substituído os computadores convencionais, por meio dos smartphones é possível ouvir música, jogar, instalar programas, acessar e-mails, páginas na web e claro receber e efetuar ligações.

Com objetivo de trazer uma experiência satisfatória no uso, os smartphones podem oferecer maior quantidade de memória RAM, entrada para cartão de memória, tela maior, chips gráficos, GPS, conexão com WiFi, câmeras avançadas, sistemas operacionais mais elaborados, entre outros. Esses dispositivos têm se popularizado e com o avanço tecnológico são oferecidas novas experiências para o usuário. O smartphone, já é capaz de fazer reconhecimento facial em questões de segundos e até mesmo reproduzir uma tela de projetor.

Aparelhos corporativos mais indicados

Escolher um aparelho de celular para comprar ou alugar é uma tarefa muito importante e algumas questões devem ser levadas em conta. O mercado de smartphones tem se mostrado promissor, isso se dá pelo fato desse objeto ser uma ótima maneira de comunicação e oferecer grandes facilidades. A seguir, listamos algumas marcas que se destacam no mercado.

Apple

A Apple tem como único aparelho o iPhone. Desde 2007 esse aparelho tem revolucionando o mundo. A sua versão mais recente é iPhone XS e o seu desempenho é inquestionável. Com o hardware moderno e software de evolução rápida possibilitou que o iPhone assumisse o papel de protagonista no mercado mobile. A Apple sempre foi famosa por produzir dispositivos com o design intuitivo, leve e agradável.

O visual do iPhone se mantém consistente entre os lançamentos, com um design elegante. A desvantagem desse aparelho é o preço elevado e sua memória não é expansível, mas ainda sim é uma ótima opção para quem procura um aparelho rápido e eficiente.

Samsung

Esta é uma das melhores fabricantes de smartphones corporativos do mundo. A empresa sul-coreana tem ganhado espaço, sendo uma das maiores concorrentes da Apple. Diferente da Apple, a Samsung possui vários modelos, sendo que a linha Galaxy S possuem os aparelhos top de linha.

Atualmente, a linha Galaxy S está em sua nona versão e tem se mostrado uma ótima opção para aqueles usuários mais exigentes. O Galaxy oferece várias funcionalidades inovadoras, como LTE 4G, que possibilita uma ótima experiência de navegação na internet.

Para os usuários que buscam um aparelho intermediário, o Samsung Galaxy J7 se mostra uma boa opção. Apresenta uma tela Touchscreen de 5.5 polegadas e uma câmera de 12 mega pixels, que permite ao usuário tirar fotos fantásticas, com uma resolução de 4128×3096. Além de ser muito fino, com 7.5 milímetros, e ter um design elegante.

Motorola

Quando o assunto é custo-benefício, a Motorola é o nome que vem a cabeça. Os aparelhos da Motorola tem sido os mais buscados no Brasil, a linha G é a mais conhecida pois oferece um preço compatível com as especificações. Mas se o usuário procura boa experiência com jogos e um smartphone modular, a motorola oferece a linha Z que tem se mostrado um bom competidor para o iPhone e o Galaxy S9+.

Faça do seu celular seu aliado

Os smartphones têm se popularizado de maneira significativa e isso não é diferente nas empresas. É indiscutível que o aparelho de celular é uma ferramenta proveitosa para qualquer negócio. Com o objetivo de facilitar a comunicação e atividades dos funcionários, as empresas disponibilizam aparelhos corporativos.

Toda empresa tem como objetivo maximizar os lucros e minimizar os custos, o gerenciamento do uso dos celulares corporativos devem acontecer buscando esse objetivo. Ao impedir o uso exagerado dos dispositivos, a redução de custos e promovida além de garantir mais produtividade na equipe. As ações de gerência devem ser executadas a fim de buscar um equilíbrio saudável entre as partes.

Para isso, deve ser feito um diagnóstico avaliando se o uso dos smartphones pelos colaboradores tem gerado problema de produtividade na empresa. É importante que a empresa faça a análise levando em conta se realmente existe a demanda de ter um funcionário conectado, e se isso está interferindo na sua qualidade de produção. Com esse diagnóstico deverá ser promovido ações com a finalidade de prevenir esses inconvenientes.

Em seguida, realizar eventos, palestras e cursos com propósito de informar, dialogar com os colaboradores sobre o uso apropriado dos celulares corporativos. É importante que esse evento seja atrativo e que realmente chame atenção dos colaboradores.

Algumas outras medidas mais radicais podem ser tomadas, como: bloqueio de canais de relacionamentos e redes sociais; monitoramento de e-mail corporativo, como maneira de inibir eventuais desvios funcionais. Estas ações devem estar claras para os funcionários, é indicado que seja colocado no regulamento da empresa, em algum manual de conduta.

Saiba como gerenciar o uso dos celulares corporativos

Os dispositivos móveis, tablets e smartphones, são praticamente ferramentas quase que onipresente no dia a dia dos funcionários de uma companhia. No entanto, os gestores têm tido dificuldade para gerenciar o uso indevido dos aparelhos corporativos. Essa dificuldade pode levar a grande perda de dinheiro no orçamento da empresa. Para evitar esses inconvenientes, vamos dar algumas dicas de como gerenciar o uso do celular corporativo. Dessa maneira, os custos poderão diminuir e além disso alavancar a produtividade da equipe.

Estipule cotas de uso

É importante que a empresa adote políticas de controle de uso. O uso pode variar de função para função, portanto, tenha em mente que alguns cargos vão precisar de cotas maiores. É importante que os colaboradores sejam conscientizados e orientados sobre o uso do celular corporativo, enfatizando que o uso deste deve ser estritamente para fins profissionais.

Faça uma campanha de incentivo

Uma maneira de incentivar o uso correto dos celulares corporativos é promovendo campanhas de incentivo, premiando aquele funcionário que apresenta o uso mais eficiente. Dessa maneira, despertará nos colaboradores a competitividade amigável e aqueles que tiverem o uso mais bem direcionado com menores gastos, serão agraciados, com horas de folga ou até vouchers de restaurantes interessantes.

Estabeleça critérios

Em grande parte das empresas, os smartphones corporativos são disponíveis a uma parcela da equipe. Por essa razão, é interessante que critérios sejam estabelecidos para quem usufrui dessa ferramenta. É importante enfatizar para a equipe que o uso dos celulares corporativos são disponibilizados preferencialmente para os funcionários que exercem alguma função que exige esse tipo de ferramenta.

Organize auditorias

As empresas têm por direito avaliar o uso dos smartphones corporativos, monitorando a quantidade e chamadas, o tempo de ligação, as gravações e histórico de uso de dados. Entretanto é importante lembrar que o funcionário também tem direito à privacidade.

Portanto, o monitoramento deverá acontecer apenas com a finalidade de controlar o uso e custo, desde que previamente os usuários sejam notificados. Tendo isso em vista, a organização de auditorias são medidas extremamente eficientes para controlar os gastos do usuário.

Utilize gerenciador de dispositivo corporativo

As empresas têm usado a tecnologia como aliada em seus negócios. Com o celular corporativo não é diferente. Investir em uma infraestrutura de TI capaz de realizar o gerenciamento dos dispositivos. Os gerentes poderão monitorar os aparelhos que estão sendo utilizados, por divisão de departamentos, horários de uso, tempo e chamadas. Ao usar um gerenciador os gestores terão uma visão ampla do que está acontecendo, garantindo mais eficiência no controle de uso.

Faça uma declaração de responsabilidade

As companhias devem atentar para os efeitos que o uso do aparelho pode causar à saúde do trabalhador. E entre as políticas sobre o uso do smartphone definidas pela empresa, deverá ser incluído um termo de responsabilidade.

Algumas organizações informam para seus usuários que o telefone não deverá ser usado quando isso puder causar algum prejuízo ou dano ao portador, como dirigir enquanto usa o celular.

Orientação aos colaboradores

É de responsabilidade dos gestores definir normas referentes ao uso dos smartphones: quais tipos de aplicativos poderão ser acessados, em quais horários deverão fazer uso do aparelho, se é aceitável atividades pessoais no celular, definir intervalo para uso de aplicações que envolvam redes sociais ou ainda determinar em que situações as atividades poderão ser realizadas.

Entenda como implantar a redução de custos

As organizações têm buscado reduzir e até mesmo cortar custos desnecessários com uso de aparelhos corporativos. Geralmente, quando são identificados o uso exagerado dos aparelhos corporativos, os gestores optam por realizar campanhas de incentivo, visando o uso consciente dos aparelhos e isso tem trazido ótimos resultados.

É importante enfatizar que esse tipo de campanha deve ser feita continuamente, e não somente na implantação de um negócio ou quando um novo funcionário é contratado. É importante que critérios sejam estabelecidos para a distribuição de aparelhos. Essa distribuição deve ser feita de maneira inteligente, visando as necessidades dos funcionários, nem sempre é necessário um dispositivo de celular para realizar uma atividade.

Os gestores devem identificar quais equipes e funções tem real necessidade do uso dos dispositivos. Uma forma de fazer isso é analisar o tempo de uso de todos os aparelhos a fim de identificar os usos indevidos e se há realmente demanda pra a quantidade existente. Caso perceba-se que não há necessidade de tantos aparelhos, pode-se reduzir o número por meio de estratégias de compartilhamento em um mesmo setor.

Com tantos controles, o direito de segurança da informação dos funcionários passa a ser polêmico. A melhor maneira de formalizar o monitoramento dos celulares corporativos é mediante a um regulamento interno, um código de conduta que deve ser apresentado aos funcionários. Isso deve ser feito de maneira transparente mostrando ao portador do dispositivo que o monitoramento tem como objetivo, unicamente o controle dos custos.

O uso dos smartphones tem crescido consideravelmente, principalmente no âmbito empresarial. Para alguns cargos, o uso do dispositivo é imprescindível, trazendo melhor comunicação entre as partes e maior produtividade. No entanto, nem sempre acontece dessa maneira, alguns funcionários abusam do uso dos aparelhos corporativos, tendo como consequência o aumento de despesas para a empresa. 

Sabendo disso, é importante que tenha um monitoramento do uso dos celulares corporativos, levando em consideração a privacidade do portador. É importante lembrar que a empresa tem direito de fazer o monitoramento consciente, sem usar as informações particulares dos usuários.

Como vimos, outra maneira de prevenir o uso indevido do telefone corporativo é estipulando critérios de uso além da promoção de campanhas de incentivo que premia os usuários mais aplicados e conscientes. Colocando essas dicas em prática, sua empresa vai ter menos custos e mais produtividade.

Viu como estabelecer regras de uso do telefone corporativo pode levar a sua empresa a ter menos despesa e mais produtividade? Agora, entre em contato conosco, nós podemos ajudar você a escolher o celular corporativo ideal para sua empresa.