A utilização de dispositivos móveis na empresa é uma boa forma de aumentar a produtividade dos colaboradores, já que a comunicação entre os membros da equipe e também com os clientes é bastante facilitada. Porém, é preciso mensurar a ociosidade do funcionário com o telefone corporativo, para que ele não se torne um problema e afete negativamente o ritmo de trabalho.

A ociosidade do funcionário pode ocorrer devido a diversos fatores, como o mau gerenciamento da equipe pelos líderes, subaproveitamento da capacidade dos colaboradores e distrações presentes no ambiente de trabalho. Nesse último caso, o telefone corporativo pode ser um dos motivos do ócio. Porém, há algumas formas de mensurá-lo e saber o quanto ela está impactando nos negócios da empresa.

Por esse motivo, vamos mostrar quais recursos podem ser utilizados para mensurar a ociosidade do funcionário com telefone corporativo e evitar que ela ocorra. Acompanhe!

Controle do acesso à internet

Quando o funcionário está sem nenhuma tarefa para fazer, normalmente busca ocupar o tempo livre com outras atividades, como a organização do ambiente de trabalho, momentos de lazer ou acessar a internet pelo smartphone corporativo. Isso pode ocorrer por diversos motivos, como problemas técnicos que paralisam o setor de TI e impedem que o colaborador continue suas atividades, por exemplo.

Porém, em outros casos, o colaborador pode estar ocioso devido a procrastinação de tarefas, e o telefone corporativo acaba o distraindo ainda mais e trazendo perda de tempo. Por isso, é importante realizar o controle do acesso à internet nos aparelhos, para que problemas como esse possam ser identificados com maior facilidade.

Para fazer o controle de acesso, é preciso realizar um levantamento de quais tipos de sites são úteis para a boa execução das atividades. Assim, fica mais fácil identificar quando eles estão utilizando a internet para distrações e quando estão realmente trabalhando.

Caso seja identificado por meio do monitoramento que os colaboradores estão utilizando a internet em excesso, fazendo downloads de aplicativos que não sejam úteis ou perdendo muito tempo com redes sociais, por exemplo, a empresa deve conscientizá-los e até mesmo bloquear alguns desses recursos.

Análise do histórico de ligações

Monitorar o uso de dados e o histórico de ligações feitas é outra forma de mensurar a ociosidade do funcionário com telefone corporativo. Isso porque muitos colaboradores perdem tempo com ligações muito longas para outros membros da equipe.

Além disso, alguns colaboradores podem utilizar o telefone corporativo para fins pessoais, o que gera muitos gastos desnecessários. Dessa forma, ao fazer a análise do histórico de ligações, a empresa não só evita a ociosidade do funcionário, mas também reduz os custos com telefonia.

Portanto, os gestores devem ter atenção às faturas do plano de telefonia corporativo e mensurar a quantidade de ligações particulares feitas por colaborador, além do tempo gasto em cada chamada.

Para tornar o processo mais transparente e estimular o funcionário a evitar a ociosidade gerada pelo abuso do uso do telefone, você pode permitir que cada um deles visualize o próprio gasto com telefonia e monitore o seu uso individual, por meio de plataformas web ou relatórios enviados periodicamente por e-mail.

Controle de aplicativos instalados

O download de aplicativos sem a supervisão da empresa pode trazer diversos problemas, como o uso excessivo de dados que podem trazer gastos e a diminuição da produtividade. Isso porque muitos colaboradores perdem muito tempo com jogos e aplicativos de redes sociais instalados no aparelho, por exemplo.

Por isso, é essencial monitorar e definir quais são os tipos de aplicativos que podem ser instalados em cada dispositivo, de acordo com o cargo do funcionário e as atividades que ele exerce na empresa.

Assim, é possível criar níveis de acesso, de forma que, quando o funcionário entrar na empresa, já receba o aparelho devidamente configurado e possa usar somente os aplicativos autorizados e úteis para a execução de seu trabalho.

Além de diminuir a ociosidade do funcionário, essa medida aumenta segurança dos dados da empresa, visto que muitas vezes os colaboradores fazem o download de aplicativos pouco confiáveis, que colocam as informações confidenciais do negócio em risco.

Assim, a empresa evita problemas causados por vírus, como processos devido ao vazamento de dados de clientes e a perda da confiabilidade da marca no mercado.

Tempo em atividade do celular

Ao monitorar o tempo em atividade do celular, a empresa consegue identificar os casos em que o telefone corporativo está sendo utilizado em excesso e causando impactos negativos na produtividade do funcionário.

Para que isso seja possível, é necessário contar com a ajuda de um software de Mobile Device Management (gerenciamento de dispositivos móveis — MDM), que é uma ferramenta muito útil para monitorar e controlar os aparelhos da empresa.

Esse tipo de software permite gerenciar o uso dos dispositivos e traz vantagens como:

  • maior controle de gastos;
  • facilidade de configuração;
  • criação de níveis de acesso, de acordo com cada cargo da empresa;
  • recursos que aumentam a segurança da informação;
  • maior agilidade na solução de problemas;
  • possibilidade de fazer manutenções e gerenciamento remoto;
  • bloqueio do aparelho em caso de roubos ou perda.

O MDM não só permite monitorar o tempo em atividade do aparelho, mas também disponibiliza relatórios que ajudam a identificar e prevenir o mau uso dos dispositivos. Com base nessas informações a empresa pode tomar providências para diminuir a ociosidade do funcionário com o telefone corporativo.

Por isso, na hora de alugar dispositivos móveis para sua empresa, é importante verificar se a fornecedora dos aparelhos oferece esse recurso de gerenciamento, visto que ele é imprescindível para manter o controle dos dispositivos sem sobrecarregar a equipe de TI.

Como você pôde perceber, a ociosidade do funcionário com telefone corporativo pode trazer diversos transtornos, como a diminuição da lucratividade do negócio e atrasos nas entregas dos projetos. Por isso, é importante contar com recursos de gerenciamento de dispositivos móveis para entender a causa do ócio e evitar que eles se tornem uma fonte de distrações.

Você está preocupado com os riscos da falta de proteção dos dispositivos da empresa? Veja como garantir a segurança da informação em aparelhos móveis!